Nossa área de suporteDicas e soluções

Este espaço foi criado para ajudar vocês a tirarem dúvida, usar todos os recursos disponíveis em nossas soluções Web e ficarem por dentro das novidades

Com o Dia da Internet Segura, terça-feira (9), a gigante dos buscadores anunciou que passará a alertar os usuários do Gmail sempre que mensagens forem enviadas e recebidas por fontes não criptografadas.

Segundo o Goolgle, o recurso é essencial para quem envia e recebe mensagens para não endereços "não Gmail". 82% das mensagens enviadas a partir do Gmail para outros provedores respeitam o protocolo de segurança mais atual. Na contramão, quando o ponto de partida é dos outros provedores para o Gmail, o índice é menor, de 58%.

Uma lista de provedores não seguros, que ainda não se adequaram aos novos protocolos de segurança e criptografia, está disponível no site do Google (www.google.com/transparencyreport/saferemail/).

“Se você receber uma mensagem, ou estiver prestes a enviar uma mensagem, cujo o serviço de e-mail não suporta criptografia TLS, você verá um ícone de cadeado quebrado na mensagem”.
“Se você receber uma mensagem que não pode ser autenticada, você verá um ponto de interrogação no lugar da foto do remetente, logotipo da empresa ou avatar”.

Os alertas aparecerão em dois casos:

  • Ao receber uma mensagem de um remetente que o Google não considera seguro, haverá um ponto de interrogação (?) no remetente. Isso não quer dizer que o Gmail vai "bloquear" o e-mail e impedir que você o receba, mas vai alertar quando protocolos do provedor não forem seguros.

(Foto: Divulgação/Gmail)

  • Um cadeado (aberto/fechado) no topo direito da mensagem também vai notificar se o envio ou recebimento de mensagens são de fontes não-criptografadas e não-autenticadas.

(Foto: Divulgação/Gmail)

 

Fonte: Google Blog